04
12
2020

Dia Mundial da Bolacha

4 de Dezembro

Bolachas podem ser nossas amigas ou inimigas, depende realmente do que escolher dentro da extensa variedade que existe. O que as torna nossas inimigas é a lista infinita de ingredientes e de aditivos alimentares que podemos ler na grande maioria dos rótulos. Como já explicámos em outros artigos respetivos a este tema, quanto maior for a lista de ingredientes, maior a probabilidade de ser um produto prejudicial para a nossa saúde. (leia o nosso artigo sobre “Como ler rótulos em produtos alimentares.”)

Os seus principais ingredientes são normalmente a farinha, o açúcar, a margarina e o fermento o que lhes confere um elevado ínidice glicémico.

Para além disso, sabe-se que as rápidas subidas de açúcar no sangue são promotoras e causadoras de problemas que são prejudiciais à nossa saúde. Aumento do colestrerol e das doenças cardiovasculares são só os principais.

E as que são ricas em fibras e cereais integrais?

Até podem ter um maior teor de fibra que as outras mas continuam a ter açúcar, sal e gorduras prejudiciais à nossa saúde.

O que são então as bolachas boas e aconselhadas?

Não é fácil encontrar boas opções no supermercado, portanto, seja selectivo/a na seleção dos seus produtos e leia atentamente o rótulo antes de tomar uma decisão. Não se deixe levar por embalagens que dizem “rico em fibra”, “sem sal, “integral”, “ideal para o pequeno-almoço”. Verifique o tipo de gordura ou açúcar, se não existirem, já está num bom caminho.

O que realmente aconselhamos, faça a suas bolachas em casa. Aproveite um serão de domingo com as crianças ou se estiver sozinha/o, aproveite para ouvir a sua playlist. Não sabe que playlist ouvir? Ouça uma das nossas playlist do Clube VII no Spotify, clique aqui.

A validade das bolachas caseiras não é a mesma das bolachas que compra no supermercado e esse já é um princípio para saber que as suas bolachas são saudáveis pois não contêm aditivos ou conservantes.

Deixamos uma receita sugestiva, saudável e apetitosa.

Bolachas de cacau e manteiga de amendoim

Ingredientes

Topping:

  • 1 tablete de 100g de chocolate
  • 1 c. de óleo de coco

Massa:

  • 1 chávena de chá de flocos de aveia
  • ½ chávena de chá de farinha de espelta (ou outra)
  • 1 c. de chá de fermento em pó
  • 3 c. de sopa de cacau magro em pó
  • 3 c. de sopa de xarope de tâmaras ou de agave
  • 2 c. de sopa de azeite
  • 2 c. de sopa de manteiga de amendoim (ou outra a gosto – amêndoa, avelã, etc)
  • Leite ou bebida vegetal q.b
  • Canela q.b.
Modo de preparação
  1. Pré-aqueça o forno a 180º e forre um tabuleiro com papel vegetal.
  2. Coloque a derreter em banho maria a tablete de chocolate e o óleo de coco.
  3. Numa taça comece por misturar os secos (flocos de aveia, farinha de espelta, cacau, canela e o fermento).
  4. Numa outra taça junte o xarope, o azeite, a manteiga de amendoim e o leite ou bebida vegetal.
  5. Misture até obter uma massa homogénea.
  6. Junte a mistura dos líquidos à mistura seca e envolva tudo. Se necessário acrescente mais leite ou bebida vegetal até obter uma massa com a consistência desejada.
  7. Com a ajuda de uma colher disponha bocados de massa de formato redondo no tabuleiro.
  8. Com a ajuda de uma colher ou de um garfo coloque o topping derretido por cima das bolachas.
  9. Leve ao forno cerca de 15 minutos.
  10. Deixe repousar até ao dia seguinte, para que a bolacha perca a humidade e a cobertura fique crocante.
Comentário
0

Leave a reply

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

De Segunda a Sexta – 07h00 às 22h00
Sábados – 09h00 às 21h00
Domingos e Feriados – 10h00 às 18h00

Todas as atividades encerram 30 minutos antes da hora de fecho.

Contacte o Clube

Morada: Parque Eduardo VII, 1070-099 Lisboa

email: marketing@clubevii.com
tel.: 213 848 300

Developed by Magaworks © 2015
© Clube VII, 2020
Todos os direitos reservados